Eu estive lá: Já pensou em ganhar um intercâmbio na faixa? Veja a experiência de quem conseguiu.

Follow my blog with Bloglovin

O blog Eu no Mundo traz hoje mais um artigo da coluna “Eu estive lá”, só que desta vez, a experiência é de intercâmbio com tudo na faixa. Já pensou?

Para explicar melhor essa façanha, o Eu no mundo conversou com a Carla Bispo, que é formada em Comércio Exterior pela Faculdade de Tecnologia de São Paulo (FATEC) e que conseguiu, por mérito acadêmico, a bolsa de estudos para um mês de intercâmbio em São Francisco na Califórnia.

Mas antes de passarmos para a entrevista com a Carla, queremos fazer somente um parênteses para explicar melhor qual foi o programa que ela participou.

Desde de 2011 o Centro Paula Souza, que administra as ETECs e FATECs, possui um programa de intercâmbio cultural para os alunos com base no rendimento acadêmico, estima-se que mais de 3.000 alunos e professores já foram beneficiados com esse programa deste de sua criação. Se você quer entender melhor sobre o programa, clique aqui.

A viagem da Carla ocorreu em 2013, inicialmente haviam 3 destinos para escolha: EUA, UK e Nova Zelândia. Veja então, como foi a experiência.2013-05-17-15-05-31

Blog Eu no Mundo: Por que vocês optaram por este local?

Minha primeira escolha era Londres, porém, devido as minhas férias do trabalho, eu precisava de um destino que se encaixasse neste período. Então, acabei indo para São Francisco.

Blog Eu no Mundo: Quanto tempo foi a estadia?

30 dias, em casa de família (Filipinos).

Blog Eu no Mundo: Como foi sua preparação para a viagem?

Como a bolsa tinha relação com as médias de notas e eu só soube dos resultados em dezembro, precisei ainda esperar pela licitação do CPS, para nomear a agência de intercâmbio que foi a Egali. Dessa forma, só tivemos a confirmação mesmo em fevereiro.

Por isso, com maior antecedência eu só consegui fazer o passaporte mesmo. O restante foi tudo feito pela empresa. Eu só precisava seguir as instruções deles.

dsc00183

Blog Eu no Mundo: Como foi a consultoria da empresa ganhadora?

Como éramos um estudante de cada unidade, a agência organizou uma palestra para tirar dúvidas, tais como: o que levar na bagagem, como se portar na entrevista do visto, melhores lugares para as compras em São Francisco, entre outras dúvidas normais.Para quem não tem tempo nem paciência para planejar uma viagem, como eu, foi uma ótima opção.

Blog Eu no Mundo: Havia alguma exigência do programa?

A única exigência foi a realização antes e depois do programa do TOEIC para medir a evolução do aprendizado da língua.

dsc00308

Blog Eu no Mundo: Como foi a chegada de vocês ao país (imigração e alfândega)?

Nosso voo era com conexão em Miami, porém tínhamos somente duas horas entre um voo e o outro, na teoria, nada poderia dar errado, porém não foi o que aconteceu: Quando chegamos na imigração, o oficial solicitou que todos aguardássemos em uma outra sala, de cara achamos um pouco estranho. Depois, explicaram que era devido ao visto que tínhamos de estudante e havia uma necessidade de verificação mais detalhada das pessoas que entravam no país com esta categoria de visto devido ao atentado de Boston, acontecido recentemente.

Então, fomos entrevistados novamente, porém com muito mais veemência do que no próprio consulado. Todos foram liberados, entretanto, perdemos a conexão que tínhamos para São Francisco.

A companhia aérea nos realocou em outros voos que iam para São Francisco, porém não havia mais voos diretos, ou seja, tivemos que fazer mais conexões para poder chegar no destino final. No meu caso, fui de Miami para Los Angeles, depois São Diego para somente então chegar em São Francisco.

Blog Eu no Mundo: Quando vocês chegaram no país, quais foram suas primeiras impressões? Vocês tiveram algum tipo de choque cultural?

O maior choque que tive ao chegar lá foi o fato de estar entrando na casa de pessoas desconhecidas, em um país desconhecido. O que para eles parecia normal, para mim foi algo novo, pois nós brasileiros não temos esse costume.

dsc00113

Blog Eu no Mundo: Como foi sua experiência na escola de inglês?

Lá, estudamos na escola Intrax. Tínhamos aula de segunda a sexta, das 8h às 14h. Com bastante conteúdo.

Não era permitido falar sua língua, exceto em um espaço reservado, onde se você quisesse podia falar em português.

Inclusive, eles tiveram o cuidado de não deixar latinos, seja de língua portuguesa ou espanhol, ficarem juntos nas turmas, para não comprometer o aprendizado do inglês.

Blog Eu no Mundo: Você recomenda essa escola?

Sim. Eles têm um estrutura muito boa, com um ensino forte e de qualidade.

Blog Eu no Mundo: Como foram as refeições? O que achou?

O principal choque nas refeições foi o fato de a principal refeição não ser o almoço, como nós brasileiros estamos acostumados. Então, tínhamos que lanchar ao invés de almoçar, como estávamos acostumados a fazer no Brasil.

Blog Eu no Mundo: Quais os tipos de passeios vocês fizeram?

Como eu não havia levado muito dinheiro, acabei focando em conhecer a cidade em si, ao invés de conhecer as cidades dos arredores.

Meu foco foi desbravar San Francisco, ruas, parques e lojas. Inclusive tive a oportunidade de ir em festival de Food Truck que estava acontecendo na cidade e também de ver a Bay to Breakers (que é a corrida anual que acontece há mais de cem anos na cidade). Essa corrida foi bem excêntrica, pois haviam pessoas fantasiadas e até mesmo sem roupas.

Além disso, participei também de alguns eventos realizados pela escola, como a visita a Universidade de Berkley e ao jantar Coreano oferecido pelos estudantes para mostrar um pouco da cultura do país.

2013-05-21-19-09-45

Blog Eu no Mundo:  Referente a compras, o que você achou?

Como já conhecia a fama dos EUA para compras, não levei muitas roupas para poder aproveitar mais. Mesmo estando com um orçamento pequeno, consegui comprar bastante roupas em um outlet que fica em uma cidade próxima. Além disso, fizemos bastante compras nas lojas de departamento (Macy’s, Ross e etc).

Blog Eu no Mundo: Você voltaria ao país?

Com certeza. Porém, hoje eu faria um esforço maior para conseguir levar mais dinheiro.

dsc00462

Esse foi o relato da experiência da Carla, o que achou?

O blog Eu no Mundo agradece a Carla pela entrevista concedida e a parabeniza pelo prêmio recebido. Esperamos muito em breve tê-la de novo no blog relatando novas experiências.

Também quer compartilhar uma experiência sua conosco? clique aqui.

Se você ainda não curtiu nossa página não deixe para depois. Fique por dentro das novidades.

Anúncios

14 comentários sobre “Eu estive lá: Já pensou em ganhar um intercâmbio na faixa? Veja a experiência de quem conseguiu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s